• Programa de Intercâmbio de Jovens, Rotary International, Distrito 4510, Brasil

Programa de Intercâmbio de Curta Duração

Modalidade  e particularidades:

É do tipo família-família. No dia 14/abril/2018  os candidatos terão em mãos um perfil de cada candidato estrangeiro devendo escolher aquele de idade mais aproximada possível, diferença máxima aceitável de 1 ano,  com as maiores afinidades e com disponibilidade de receber e viajar de acordo com as preferências do parceiro escolhido. A maioria dos estrangeiros virá  ao Brasil entre Junho e Agosto de 2018. Da mesma forma a maioria pode receber nossos estudantes de Dez/2018 a Jan/2019. Os países da América do Norte preferem receber nossos estudantes durante o mês de Julho e nós anfitrionamos os estudantes deles durante o mês de Agosto.

É muito importante entender que, determinada a parceria conforme a opção  do candidato brasileiro, esta é irreversível. Assim, fique bem claro que,  não existirão  famílias alternativas para anfitrionar caso, por qualquer razão, após o anfitrionamento do estrangeiro,  se solicite uma “outra família pra ficar no outro país”.

 

Obrigações referentes ao Anfitrionamento:

O anfitrionamento é obrigatório. Assim, antes de escolher a parceria, deve-se ter ciência que haverá disponibilidade para receber o estudante estrangeiro no período de Junho a Agosto de 2018. Viagens do estudante brasileiro nesta época devem ser evitadas (como ir a Disney, etc.). Da mesma forma os pais devem estar presentes no lar na época de anfitrionamento. Após a definição do parceiro e autorização do comitê YEP 4510, contato por E-mail, telefone, skype, etc  deve ser iniciado. A data da chegada do estudante deve ser conhecida. É obrigação da família anfitriã receber o estudante no Aeroporto de Guarulhos (GRU). Não recomendamos propor ao estrangeiro que troque de avião em São Paulo, vindo a Londrina, Bauru, Marília ou Presidente Prudente, pelo risco que existe de assaltos e demais problemas. Exceção existe quando o estudante estrangeiro decide participar do pacote turístico oferecido ao grupo estrangeiro e, planejadamente, chega ao Brasil no dia em que o grupo está em São Paulo. Nesse caso o ônibus de excursão recebe o estudante em Guarulhos, ficando o encontro com a família para o final da excursão, geralmente em Marília ou Bauru. Entretanto a responsabilidade de levar o estudante ao aeroporto de Guarulhos, no encerramento de seu intercâmbio,  é da família anfitriã. O Comitê YEP 4510  não organiza ônibus ou vans  para este deslocamento.

O intercambista estrangeiro deve ser tratado como filho (a) participando de todas atividades familiares. A família é livre para levar seu hóspede a qualquer parte desde que acompanhado dos pais. Tratar como filho natural significa também pagar  todas as despesas que, naturalmente,  pagaria aos filhos próprios. A freqüência à escola não é obrigatória, porém é interessante que o estudante o faça  um ou mais dias para conhecimento próprio e ampliação do grupo de amizades. Prover o estudante com alimentação adequada e transporte cotidiano também é obrigação da família brasileira.

 

Evitando problemas:

O choque cultural é uma realidade. Tanto nossos estudantes quanto aqueles que recebemos tem que se adaptar, e muito,  para usufruir de um bom intercâmbio. Forneceremos no treinamento,  um check-list denominado “questionário da primeira noite” com um roteiro de importantes tópicos a serem discutidos ASSIM QUE O ESTUDANTE CHEGA, informando sobre a rotina do novo lar e as regras da casa. É fundamental a discussão do referido questionário objetivando um bom relacionamento. Os jovens brasileiros da família anfitriã devem se mostrar amigos e compreensivos entendendo as diferenças gigantes a serem transpostas no início. Isso é bastante facilitado com o contato prévio via Internet. Lembramos que os estudantes europeus não checam E-mails e nem navegam tanto quanto os nossos. Assim, uma demora de 7 a 10 dias para resposta de E-mails é bastante comum.  Muitas vezes recebemos telefonemas de famílias alegando que não recebem respostas de E-mail. Sempre sugerimos que se tente o telefone, o WhatsApp, Skype, Facebook, também com bons resultados.

 

Envio do Application Form:

Vocês terão acesso aos dados de seus parceiros antes  da escolha de vagas! Nesta data os estrangeiros estarão imensamente  ansiosos para saber pra qual cidade virão, qual família e quem será o parceiro  no intercâmbio, onde viverão por até 3 meses! Assim,  é FUNDAMENTAL que todo candidato que pretenda o intercâmbio de curta duração apronte seu Application Form o quanto antes, sendo sua data limite de entrega o dia da escolha! Assinaturas de rotarianos são necessárias! Portanto,  NÃO DEIXE PARA A ÚLTIMA HORA!!.

 

Duração do Intercâmbio de curta:

Recebemos candidatos que vêm para ficar desde três semanas até três meses. Isso depende das atividades escolares, profissionais e familiares de cada um. Geralmente quando você for escolher um candidato saberá quanto tempo ele propõe para intercâmbio. As propostas de três meses são geralmente as mais concorridas, porém em pequeno número. Assim estude bastante e faça boa prova para poder escolher uma dessas vagas se for seu interesse. Em decorrência de  sérios problemas ocorridos no passado não mais permitimos que se peça pra ficar mais tempo e sim que se mantenha a reciprocidade. Assim, desde já sugerimos que tente planejar seu curta para uma duração o máximo possível próxima ao tempo que seu parceiro vai ficar em sua casa. É, no mínimo, justo para ambas as partes.   

 

Viagem em grupo único  para a Europa  – Intercâmbio de curta duração: 

Pelo décimo-primeiro ano consecutivo vamos receber um grande grupo de intercambistas – curta duração – da Floresta Negra, região sudoeste da Alemanha, oriundos dos distritos rotários 1830 e 1930. Um grupo menor deverá vir do norte do país e outras regiões. Cada grupo sempre viaja em data e vôo únicos.  A maioria deve aderir ao pacote turístico Rio - São Paulo e Foz do Iguaçu, promovido pelo nosso distrito com início coincidente com a chegada do grupo maior. Como REGRA DISTRITAL, o Comitê YEP 4510 decide  que TODOS os estudantes brasileiros também viajarão em grupo, numa mesma data, em um único vôo. A partida para a Europa deverá ocorrer entre 04 e 12 de dezembro de 2018  (após esta data as passagens sofrem aumento por ser alta temporada turística). Assim, a escolha de uma vaga de curta duração implicará na aceitação do estudante brasileiro em viajar em grupo e na compra do pacote oferecido pelo programa (passagem aérea e seguros obrigatórios). Somente nosso pacote fornece seguro de acordo com as exigências alemãs!!

 

Orçamento financeiro – Previsão de custos nos Programas de Curta Duração e Novas Gerações:

 

Valor Aprox.




Passagem aérea:

Custos variáveis de acordo com a temporada

Europa: 

América do Norte: 

Ásia : 

US$ 1.450,00

US$ 1.350,00

US$ 2.500,00


Passaporte / visto: Visto necessário nos USA, Canadá e México

US$ 300,00


Blazer, brindes e outros: Uniforme do intercambista + pins, flâmulas, mapas, livros, presentes, etc

US$ 120,00


Seguro  obrigatório: Para atender as exigências do Rotary International somente pode ser comprado fora do Brasil. É individual e comprado na Alemanha.  

EU$100,00


Despesas com o estudante  inbound: Buscar e  levar no aeroporto, viagens, refeições, etc.

US$ 350,00



TAXAS DO YEP:

Inscrição: Pagamento em  cheque nominal enviado junto com formulário de inscrição (até o dia 15 de março de 2018)

   R$240,00


Taxa do Programa:  Pagamento em cheque nominal no dia da escolha da vaga: 14/04/2018, em até 5 parcelas de R$ 490,00

R$2.450,00


 

OBS:

Em caso de desistência do candidato, os cheques que ainda não tiverem sido compensados serão devolvidos ao candidato. 

 

Países com maior possibilidade de vagas de curta:

Parceiros Usuais   Parceiros eventuais

Alemanha   

França

Hungria

Itália

     

Canadá,  Estados Unidos, Suécia, Holanda, Taiwan, Turquia: podem oferecer vagas ou não.

Outros parceiros podem surgir.


                                                                                                                    
Considerações gerais sobre o intercâmbio de curta duração:

A cada novo ano verificamos que o intercâmbio de curta duração é uma excelente maneira de enriquecimento cultural, permitindo sólidas amizades entre os países envolvidos. Estudantes brasileiros, com freqüência, tem retornado aos países visitados nos anos seguintes e também recebido novamente os parceiros. Pais brasileiros e estrangeiros também tem visitado as famílias emparceiradas. O fato de receber no meio do ano e depois reencontrar no final do ano dobra o tempo de convivência, permitindo boa integração. É  uma excelente opção para aquele estudante que está acima da idade do longa duração. Alguns de nossos estudantes tem repetido o programa de curta duração pela segunda ou terceira vez, o que é plenamente viável e atesta a validade da experiência.

 

Regras de Bagagem da Receita Federal do Brasil